Adeus chácara ♥

Por - maio 27, 2022
Adeus chácara
 
Beija-flor. Era o nome que a gente usava para os poucos que ainda não conheciam o lugar. A 'chácara' fazia parte da família toda e, desde que me lembro por gente, todo domingo era dia de ir pra chácara. Era onde a gente encontrava os tios e primos pra almoçar e fofocar sobre a semana que passou. Era onde todas as festinhas e eventos familiares aconteciam. Aniversários, chás de cozinha, de bebê, casamentos, e o evento mais esperado do ano: o Natal.

O dia vinte e cinco de Dezembro era o nosso Torneio Tribuxo. Vinha gente de todos os cantos. Gente que não víamos desde o Natal passado. Gente que nunca vimos na vida. Mas lá estavam todos pra aproveitar o banquete e participar do nosso torneio. Que era o bingo. Enquanto os meninos jogavam bola, o restante do pessoal marcava seus números nas cartelinhas de papel.

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara
nosso último dia na chácara foi presenteado com esse céu ♥

Foi lá que eu cresci e me desenvolvi. Foi onde eu aprendi a nadar, a andar de skate, a patinar, a jogar vôlei e futebol. Foi lá que eu e meus primos fizemos da casinha, o nosso clubinho. E era onde fazíamos apresentações e dançávamos chiquititas num palco que ficava desmoronando. Era onde a gente conseguia deitar no campo pra ver as estrelas e apreciar o silêncio, compartilhando os nossos pensamentos mais profundos. A chácara não era só um lugar pra festas e eventos. Ela era a nossa cola. O motivo que manteve nossa comunidade unida e conectada por tantas décadas.
 
Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara

Adeus chácara
 
 
A chácara cresceu e envelheceu com a gente. E mesmo cada um tendo tomado o seu rumo, era reconfortante saber que a qualquer momento podíamos voltar para os braços da nossa querida chácara. Mas fazem dois anos que não temos mais o Natal e quase ninguém está indo por causa da pandemia. É doloroso reconhecer que é hora de nos despedirmos pela última vez deste lugar. Obrigada por tudo chácara. Por todos os momentos que você me proporcionou e por fazer parte de toda a minha vida. Você sempre estará nas minhas melhores memórias.
 
Até a próxima ♥

Veja Também

9 comentários

  1. Que nostálgico! Deve ter sido difícil se despedir de um lugar tão acolhedor e carregado de memórias, né?
    Que você sempre se lembre desse lugar com sorriso no rosto =)
    Fotos linda e cheias de significados

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso Clayci! Apesar de triste, os bons momentos vão ficar pra sempre na memória. E o bom é que esses momentos não têm chance de serem estragados mais rs

      Obrigada flor ♥

      Excluir
  2. Esse post me lembrou muito o terreno que pertencia ao meu avô, que ficava numa rua sem saída, onde morei por 18 anos da minha vida (infância e adolescência inteiras). Era terra, mato, árvores, galinhas, cachorros, bem natureza. Muitas festinhas familiares também (aniversários, festa junina, natal...).
    Mas chegou o tempo de vender e toda a família saiu de lá, cada um comprando a casa própria num lugar diferente, mas as boas lembranças que vivemos naquele lugar vão ficar conosco para sempre.

    Então sei um pouco como vc se sente, Cláudia. É um pouco triste deixar pra trás e encerrar essa etapa, um lugar onde a família inteira foi feliz, mas a chácara cumpriu o que precisava na vida de todos, agora é hora de novas etapas e fazer novas lembranças. Vai dar tudo certo. ♥

    Beijos,
    Livro de Memórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa Re é isso mesmo! Ter em mente que o lugar cumpriu o seu papel na época e agora é hora de abrir caminho para novos lugares. Quem sabe, né?

      Obrigada ♥

      Excluir
  3. Aah, Clau! Quanto carinho por esse lugar, dá para ver muito como ele é importante e vai sempre ser. Que as boas memórias sempre sejam um conforto e aconchego ao relembrar.
    E que as histórias façam tudo ter valido a pena!

    Abraço apertado pra ti,
    Any
    Poetiza-te

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Any! Sim, ainda mais por ser um lugar nostálgico. Acho que tudo que vivemos na infância carrega um peso sentimental muito maior. E esse lugar tem essa memória afetiva. Mas faz parte né, nada é pra sempre.

      Obrigada por comentar ♥

      Excluir
  4. que post lindo. também tenho memórias afetivas assim com o sítio da minha madrinha, onde passei basicamente todos meus natais e viradas de ano até o começo da adolescência. sinto muita saudade de lá (e preciso voltar). deve ser difícil se despedir assim de um lugar que fez tanta parte da nossa vida. o bom é que as lembranças e memórias em fotos ficam <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aww que delícia! Aproveite sim K. volte pro sítio sempre que possível. Infelizmente só quando a gente perde, que vê o quanto era importante pra gente. Acho que me sinto meio culpada por isso...

      Mas é bem o que você disse, as lembranças ficam pra sempre!

      Excluir
  5. Posso dizer que me emocionei lendo seu post? Não tenho uma família que se reúne com frequência, acho que um pouco disso se deve ao fato de meu avô materno morar muito longe e meus avós paternos terem partido quando eu ainda era criança e acho que os avós costumam ser a cola das famílias normalmente.
    É uma pena que a vida foi diminuindo os encontros e vocês precisaram se despedir. Mas essas memórias que vocês construíram na Chácara serão para sempre.

    Um beijo!


    ResponderExcluir

Deixe um comentário e faça alguém feliz! ♥