Dezembro 2017 | RESUMO MENSAL

Por - janeiro 09, 2018

resumo mensal dezembro 2017

Calor. Muito calor. Dias abafados e tempestades esporádicas que deixam o clima mais abafado. As altas temperaturas trazem a moleza para os humanos e a festa dos bichos. Pernilongos se multiplicam desenfreadamente, moscas aparecem nas comidas, formigas andando enfileiradas, cupins voadores perdendo suas asas, baratas gigantes no quarto. Fobia de sair de casa durante o dia, camas e sofás constantemente molhados de um suor que não some. Nunca. O desejo por uma bebida gelada. A dor de garganta por tomar bebida gelada. A incapacidade de comer e tomar bebidas quentinhas com gosto.

Dezembro passou voando. Os finais de semana não foram o suficiente para tantas festas e eventos. Teve um churrasco, o aniversário do meu sobrinho com tema de Minions, uma viagem e claro, o Natal.

festa infantil meu malvado favorito


fazendo bolhas de sabão gigantes
fazendo bolhas gigantes #fail

A viagem que fiz foi pra Carmo do Rio Claro, sul de Minas Gerais, numa pousada linda onde minha ideia era fazer o Diário de Bordo. Mas meu cartão de memória deu problema e eu perdi a maioria dos vídeos e muitas fotos incríveis que tirei da minha prima. Uma pena, mas pelo menos consegui salvar alguma coisa pra colocar aqui.

lagoa para pesca

segurando lata fanta uva

posando em frente as flores

Dezembro se foi e mesmo com as decorações espalhadas pelo comércio local, não entrei no clima natalino. A triste verdade é que eu não "sinto" esse clima há alguns anos. Decepcionante pra mim, que sempre gostei dessa data. Das decorações, das festividades e comidinhas que só surgem nessa época do ano. Ignore o fato de ser uma data voltada ao comércio. Eu sempre gostei da ideia de programar o que vestir e o que levar pra comer. De juntar toda a família e botar a conversa em dia. De falar besteira, de jogar bingo, de ver as crianças correndo com cookies na mão. Pra mim é isso que faz o Natal ser especial. E por mais que eu já não fique ansiosa desde o primeiro dia do mês pensando em como será essa data, o dia 25 chegou e eu ainda paro num canto sozinha, olho em volta e percebo que todo aquele sentimento ainda está lá, remotamente. Eu ainda tenho uma família que eu amo e é isso que importa.


almoço natalino
nosso almoço de Natal

E ainda teve os dias da semana que não me deixavam esquecer da rotina. Dos dias em que eu precisava trabalhar, resolver problemas e chorar aos domingos à noite, por não querer acordar na segunda-feira. Acho que posso dizer que me tornei uma daquelas adultas chatas, que reclama de tudo. E olha que eu tento. Não é por falta de pensar. De pesquisar, de ler, de meditar. Ainda estou tentando, pensando e tentando me entender pra expor isso nas minhas ações. Quero muito agir. Mas pra isso eu preciso me conhecer melhor e descobrir os meus porquês.


Enfim, espero muito que esse ano seja incrível e que 2018 traga muitas surpresas maravilhosas pra todo mundo! Até a próxima! ♥

Veja Também

6 comentários

  1. acho que todo mundo um dia vira aquele adulto chato. às vezes eu me pego reclamando de coisas da vida adulta e é normal, sabe? eu prezo muito pela minha paz e saúde mental, mas é impossível não se estressar com a correria, com a demanda, com as cobranças... às vezes parece que lutar contra o stress/reclamações se torna mais cansativo e desgastante do que simplesmente reclamar e ficar estressada hahaha melhor mesmo é aceitar que tem momentos da vida que não são tão incríveis e que isso também faz parte :D bom ano pra você, cláudia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Manie obrigada por me entender. Acho que eu quero que todos os dias sejam flores, que eu esteja sorrindo sempre. Mas acabo sendo exatamente o oposto.

      Obrigada e feliz 2018 pra você também! ♥

      Excluir
  2. Um dezembro de muito calor e muita correria por aqui também. A gente tenta levar as coisas com mais calma e leveza, mas dezembro sempre se revela um mês mais caótico que os demais. E, para coroar isso tudo, ainda fiquei doente nesse final de ano ~ ainda estou me recuperando até hoje. Dureza. :/

    Um ano incrível para você Claudia, com muitas realizações e momentos felizes. Que a gente consiga encontrar beleza nas pequenas coisas, sempre. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu reclamo do calor daqui mas aí no Rio deve ser mais abafado ainda né?

      Nossa Cá melhoras pra você. Se cuide e um feliz ano novo! ♥

      Excluir
  3. Eu achei sensacional a sua foto na frente das flores. Ficou MUITO linda! Gostei muito das fotos do post e do vídeo também. Um 2018 muito bom pra você. E eu também enfrento isso de me cansar da rotina. Tem dias que dá preguiça e pouca motivação para começar tudo de novo. Eu choro, e depois tento me levantar. Temos que nos permitir sentir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana!

      Sim, também estou tentando me libertar e poder sentir o que tiver que sentir no momento. Ajuda bastante a deixar a mente mais leve!

      Feliz 2018 pra você! ♥

      Excluir

Deixe um comentário e faça alguém feliz! ♥