Já pensou em ser um nômade digital?

Por - abril 01, 2016


Ser nômade digital parece ser a forma de trabalho perfeita do momento. Existem vários relatos de pessoas que "largaram tudo" pra viajar o mundo e são muito mais felizes agora do que eram com carteira assinada, um apê no centro da cidade e um carro popular. Você já pensou em fazer parte dessa turma?

First things first!

Eu não sou nômade digital. O que escrevi aqui é resultado de um punhado de informações que li a respeito e no final dou a minha opinião completamente pessoal!


O que é?

Nômades são pessoas que não possuem um local fixo como residência. Viajam constantemente e isso já existem há muito tempo! O nomadismo digital é um pouco mais recente porque só foi possível criar e adotar esse estilo de vida graças a nossa abençoada internet! Basicamente, quem trabalha pela internet e viaja bastante é um nômade digital.

Quem pode ser um Nômade Digital?

Teoricamente qualquer um! Solteiros, casais, famílias, mães e pais solteiros e com filhos pequenos... você pode pesquisar no google e encontrará vários exemplos!

Se você não conhecia esse estilo de vida/trabalho, com certeza você deve estar doidão querendo saber tudo sobre o assunto então separei dois blogs sobre o assunto:

Nômades Digitais foi criado pelo casal Jaque e Eme. É o blog mais conhecido sobre o tema, apresenta histórias de várias pessoas que se tornaram nômades (inclusive brasileiros), dá dica de lugares para viajar, gadget úteis para os viajantes entre outros assuntos relacionados ao nomadismo.

Pequenos Monstros é escrito pelo casal Debbie e Fê que são nômades e expõem o tema de uma forma mais pessoal do que o blog acima. Atualmente eles moram na Alemanha, mas já estiveram em vários países nesses dois anos viajando. Eles dão várias dicas bem detalhadas de como ser um nômade, contam várias experiências que eles adquiriam durante esse tempo, dão dicas de viagem e falam bastante sobre viajar com cães, já que eles têm dois!

Eu quero ser nômade digital! Mesmo?

Eu acho inspirador a proposta e a história das pessoas que se tornaram nômades. Já pensei seriamente em me tornar uma. Cheguei a pesquisar trabalhos freelas e até me inscrevi em alguns, sem sucesso. Mas, depois de muito pensar eu percebi que isso não era o que eu queria. A verdade é que eu queria/quero mudar minha vida atual, mas eu não serei feliz "largando tudo" pra virar nômade. Eu gosto de ter o meu cantinho, das minhas coisas, de arrumar a minha casa e adoro saber que tenho um lugar pra chamar de meu. Não me leve a mal, eu adoro viajar e gostaria muito de fazer um mochilão por aí, conhecer diversos países, culturas e costumes do povo local, mas não eternamente (ou por um longo período). Pra mim uma das melhores sensações de viajar é voltar pra casa! Por isso, mesmo se você achar inspirador, odiar seu trabalho atual, estar estressado pacas, levando uma vida de condenado, pense primeiro se você quer ser um nômade digital pelas razões certas, porque quer ter a vida de um nômade ou porque você só está infeliz com sigo mesmo (tanto no trabalho como na vida pessoal). Afinal, pra ser um nômade é preciso abrir mão de muitas coisas. É essa a sua real vontade ou seria só uma alternativa de largar seu emprego/curso/facul/família?


Digam aí nos comentários o que vocês acham sobre ser nômade, vocês gostariam de ser um?
Até a próxima viajantes!

Veja Também

0 comentários