Pensamentos Divergentes: O meu cachorro

Por - fevereiro 20, 2013



Olá pessoal! Tudo bem com vocês?!

Esse texto é meio diferente do que eu costumo escrever. É mais como um conto, então, espero que gostem!

Dog, lika, cachorra, focinho


O meu cachorro me entende. Sei que parece besteira, que cachorro não é gente e que não é inteligente. Mas o meu é diferente. O meu cachorro é esperto, sabido e ainda é bonitinho. Fofinho, tipo igual àqueles bichinhos de pelúcia. Mas ele fala, quer dizer, ele fala do jeito dele. Tipo igual um bebê, quando está com fome chora de um jeito, quando está manhoso chora de outro. O meu cachorro me conhece. Tipo igual minha amiga, quando estou com uma cara é tristeza, quando estou com outra é felicidade. E ela sabe o que fazer em todas essas situações. Ela me diz: “não fica triste que eu também fico”, ou “se você está feliz, eu também estou!”. Aliás, minha amiga não diz isso. Mas meu melhor amigo sim. Ele é tão bom que nem precisa dizer nada. Apenas com um olhar ele já diz tudo. Com aqueles olhinhos fofos, brilhantes que entendem e fazem de tudo para te ver assim, do jeitinho que você é, nem mais, nem menos. Sem precisar estar bonito, perfumadinho, cheio da grana ou sem TPM. Seu melhor amigo sempre vai te olhar como se você fosse único. Agora me diz, não é isso que é amigo de verdade?!

Veja Também

4 comentários

  1. Ah adorei esse post Clau ^^ tbm sou assim com meu filho huhuhhu ^^ o seu eh uma gracinha, quero conhecer ele pessoalmente ^^

    ResponderExcluir
  2. Ah vem em casa que vcs se conhecem!rs Na verdade é ela..mas pro texto ficar mais legível resovi mudar!rs Nossos filhos são uma preciosidade não?! Brigada por comentar querida!

    ResponderExcluir
  3. Com certeza, cachorro é tudo de bom!

    Lindo o seu (:

    http://pandainvertido.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Deixe um comentário e faça alguém feliz! ♥