Criticando Filmes: Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos

Por - novembro 22, 2013

Olá Olá pessoinhas queridas tudo bem?!

Hoje é o dia em que finalmente estreio a tag "Criticando Filmes"! Demorou mas finalmente saiu o primeiro post! Preparados?!


O filme que escolhi foi um dos últimos que assisti. É bem conhecido e já possui uma continuação confirmada. Baseado nos livros de Cassandra Clare que fizeram bastante sucesso, os filmes parecem seguir esse mesmo caminho.

Créditos

Nome Original: The Mortal Instruments: City of Bones
País:
Alemanha, Estados Unidos
Ano de Lançamento:
2013
Diretor:
Harald Zwart
Produtor:
Don Carmody, Michael Lynne, Robert Kulzer, Robert Shaye
Roteiro:
Cassandra Clare, Jessica Postigo
Produção/Ditribuição:
Paris Filme
Gênero:
Ação, Aventura
Principais Atores:
Aidan Turner, Jamie Campbell Bower, Jonathan Rhys Meyers, Kevin Zegers, Lily Collins

Se você já leu alguma crítica no meu blog antigo, você já sabe meu gosto duvidoso para filmes bons. Então, esse é daqueles tipos de filmes que com certeza só formam feitos para ganhar dinheiro e entreter o telespectador com efeitos especiais e historinha fraquinha e bobinha. Bom, pra mim já basta pra ser um ótimo filme! Não vou dizer que é meu filme favorito, pois seria clichê demais, mas com certeza tenho ele guardado em um lugar especial no meu coração!

Primeiro o elenco: Jamie e Lily formaram um casal muito fofo e possuem uma química linda! Eu já havia visto outros trabalhos do Jamie, por isso posso dizer que ele ficou perfeito no papel, ele já tem esse jeito todo "diferentão" e ele é ótimo para fazer papéis "alternativos". Pessoalmente, acho que ele é um forte candidato para ser o próximo Johnny Depp. Mas devo confessar que me apaixonei pela Lily Collins, pelo seu jeitinho, sua beleza de dar inveja e por sua leveza. Já a havia visto no filme "Espelho, Espelho Meu", mas não tinha prestado muita atenção nela. Adorei o Robert Sheehan, que interpreta o melhor amigo de Clary, Simon, que apesar da dor-de-cotovelo, continuou firme e forte do lado da amiga. Adorei o figurino, com aquela pegada dark, gótica, meio rock and roll.

Mas devo confessar que não gostei muito do final, quando acabou fiquei esperando mais. Sinceramente, pensei que os dois fossem ficar juntos, mas acho que vão deixar para os próximos filmes, já que ainda tem mais cinco livros para serem transformados em filme! É esperar pra ver.

Minhas conclusões finais: filme muito bom pra viajar, se apaixonar, rir um pouco e assistir com toda a família reunida!

Até a próxima!

Veja Também

0 comentários